Procure no 40graus

Morte de acusada de envenenamento foi motivada por vingança, segundo delegado

Polícia

Morte de acusada de envenenamento foi motivada por vingança, segundo delegado

Compartilhar

As investigações comandadas pelo Delegado Lucimério Campos, da delegacia de homicídios de Rio Largo, apontam que o assassinato da jovem Stefanny Rayane Santos Vieira, de 22 anos, foi motivado por vingança, porque foi a principal suspeita de ter envenenado o seu ex-companheiro, Rafael José Calheiros, que morreu em decorrência da intoxicação causado pelo veneno.


Continua depois da Publicidade

Em um primeiro momento, a Polícia acreditava que Stefanny estava envolvida com o tráfico de drogas na região do Antônio Lins em Rio Largo, mas, segundo dados colhidos pela tornozeleira eletrônica que ela estava usando após passar alguns meses no sistema prisional, ela raramente saia de sua residência, na mesma localidade.

Populares e anônimos que colaboraram com as investigações também corroboraram que a jovem não era envolvida com o crime.

Lucimério relata que a principal hipótese seria a de vingança por parte de amigos ou familiares do jovem que Stefanny envenenou e matou. As investigações seguem em curso.


Continua depois da Publicidade

Your email address will not be published. Required fields are marked *

WP2Social Auto Publish Powered By : XYZScripts.com