Procure no 40graus

Hospital da Mulher inicia cirurgias para zerar fila de espera em média complexidade

Cidades

Hospital da Mulher inicia cirurgias para zerar fila de espera em média complexidade

Compartilhar

Continua depois da Publicidade

O Hospital da Mulher Dr.ª Nise da Silveira (HM), localizado no bairro Poço, em Maceió, iniciou a realização de cirurgias eletivas das mulheres consultadas nos Ambulatórios de Especialidades da unidade hospitalar. O intuito é zerar as filas de espera por cirurgias de Média Complexidade.

Os procedimentos estão ocorrendo nas especialidades de proctologia, ginecologia e mastologia. A equipe que está atuando no centro cirúrgico é composta por cirurgiões nas suas respectivas especialidades, além de anestesista e técnico de enfermagem.

A diretora-geral do HM, Eliza Barbosa, considera que todas as propostas voltadas para o hospital estão sendo honradas, já que a unidade hospitalar iniciou os atendimentos com a Maternidade de Risco Habitual, as consultas de especialidades em ginecologia, mastologia, proctologia, cardiopediatria, puerpério, pediatria, reumatologia, otorrinolaringologia, dermatologia e endocrinologia, incluindo as das pessoas Lésbicas, Gays, Bissexuais e Transexuais (LGBT), bem como, os atendimentos na Área Lilás. E, agora, iniciando as cirurgias eletivas, visando atender à população.  


Publicidade

“É muito importante ver que a redução das filas de espera, que foi uma proposta do governador Renan Filho e do secretário de Estado da Saúde, Alexandre Ayres, está acontecendo. Isso está ampliando a oferta dos serviços e, consequentemente, minimizando o tempo de espera da população por algum serviço de saúde. O Governo de Alagoas está honrando seus compromissos, ofertando, agora, essas especialidades, em consultas, exames de imagens e também em procedimentos cirúrgicos”, destacou.

Como fazer – Para se consultar nos ambulatórios do HM, a paciente deve se dirigir ao serviço de saúde mais próximo de sua casa. Após a avaliação do médico da Atenção Primária, de acordo com o levantamento dos sintomas e da real necessidade de a mulher ser encaminhada para um serviço especializado, ela será encaminhada por meio do Sistema de Regulação (SisReg). Após a avaliação médica, o especialista vai indicar se a paciente tem ou não indicação para realizar a cirurgia.

Os Ambulatórios do Hospital da Mulher são exclusivos para as mulheres que residem nos 102 municípios alagoanos. Eles funcionam das 7h às 21h, de segunda a sexta-feira, assegurando que, mesmo após o horário de trabalho, seja possível buscar assistência especializada na unidade hospitalar.

Texto de Marcelo Vital, imagem de Carla Cleto – Veiculado em Agência Alagoas


Continua depois da Publicidade

Your email address will not be published. Required fields are marked *

WP2Social Auto Publish Powered By : XYZScripts.com