Procure no 40graus

Bia Zaneratto explica como Corona Vírus fez a camisa 10 chegar ao Palmeiras

Futebol

Bia Zaneratto explica como Corona Vírus fez a camisa 10 chegar ao Palmeiras

Compartilhar

Principal reforço da equipe feminina do Palmeiras, a atacante Bia Zaneratto foi apresentada nesta quinta-feira. A Titular da Seleção Brasileira fechou com o Wuhan Xinjiyuan da China após sete temporadas no futebol coreano, mas por conta da epidemia do Corona Vírus, acabou sendo impedida de embarcar e terminou emprestada ao Verdão.

“Foi uma situação atípica, estava tudo certo para eu ir para a China, o Corona Vírus atrapalhou. Mas acho que foi o destino. Uma honra muito grande de estar aqui, perto da minha família. Quero dar muitas alegrias não só pra eles, mas pra toda torcida do Palmeiras”, explicou.

(Foto: DIvulgação/Palmeiras)

“O trabalho do clube está sendo muito bem feito. Subimos um degrau no ano passado, agora estamos na primeira divisão. Sei que será um curto período, mas espero dar o meu máximo no tempo que estiver aqui”, disse a atleta que possui contrato até o meio desse ano”, seguiu a nova camisa 10 do Verdão.


Publicidade

Bia jogou no Incheon Hyundai da Coreia do Sul até 2019. Com o futebol mostrado na Ásia, se consolidou na Seleção Brasileira, disputando os Jogos Olímpicos do Rio de Janeiro e as Copas do Mundo de 2011, 2015 e 2019.

“Times de camisa com a grandeza do Palmeiras, investindo na modalidade, trazendo uma estrutura que as meninas merecem, a gente vê que aqui no Palmeiras melhorou bastante. Acho que esse é o foco. Fazer o feminino crescer cada vez mais. É um desafio novo. Escolhi um time com um grande diferencial. Acredito muito no potencial do Palmeiras”, seguiu.

Experiente, a atacante que tem contrato até o meio do ano com o Verdão, falou sobre o momento do futebol feminino no Brasil.

“É um momento mágico, no Brasil o futebol feminino nunca foi valorizado dessa forma. Todos os jogos estão sendo transmitidos. É isso que a modalidade merece. A gente sabe da qualidade das meninas que estão aqui. Jogar no Palmeiras me dá uma proximidade da Seleção, a Pia Sundhage está acompanhando tudo”, comentou.

“Pretendo seguir fazendo um grande trabalho e se Deus quiser estar em Tóquio. Todo mundo abraçar a causa, faz com que a modalidade cresça. Por mais que fosse uma regra imposta para os nossos clubes, o Brasil abriu portas para o Futebol Feminino como nunca havia acontecido. Pretendo fazer um ótimo trabalho aqui”, encerrou.

O post Bia Zaneratto explica como Corona Vírus fez a camisa 10 chegar ao Palmeiras apareceu primeiro em Gazeta Esportiva.

Source: Gazeta Esportiva


Continua depois da Publicidade

Tags:

Your email address will not be published. Required fields are marked *

WP2Social Auto Publish Powered By : XYZScripts.com