Procure no 40graus

Bairro do Pinheiro: MPE e Defensoria pedem bloqueio de 6,7 Bilhões da Braskem

Cidades

Bairro do Pinheiro: MPE e Defensoria pedem bloqueio de 6,7 Bilhões da Braskem

Compartilhar

O Procurador-Geral de Justiça, Alfredo Gaspar de Mendonça e o Defensor Geral Ricardo Melro pediram na justiça, o bloqueio de 6,7 bilhões de reais da Baskem, por reparação de danos causados ao moradores dos bairros do Pinheiro, Mutante e Bebedouro. Uma entrevista coletiva foi realizada na manhã desta terça, onde as autoridades explicaram que os fatos já estão mais que evidenciados de que a empresa foi a principal causadora dos danos nos bairros.

“Uma cautelar visa proteger determinada situação para satisfazê-la em seguida. Com isso, pedimos o bloqueio de 6,7 bilhões para que lá na frente, com o relatório final, a gente possa transferir esses recursos para a população. A situação agora está com o judiciário”, disse o defensor.


Continua depois da Publicidade

O procurador Alfredo Gaspar, salientou que a Braskem (antiga salgema), jamais poderia realizar trabalhos de mineração em áreas habitadas, e isso já vem acontecendo há 50 anos. “Não queremos que aconteça o que aconteceu em Minas Gerais, onde cadáveres foram contados para que depois sejam apontados os culpados. São mais de 50 anos de mineração sem uma fiscalização eficiente”, disse.

Para o procurador, o MP de Alagoas já está fazendo sua parte, agora cabe ao judiciário decidir com cautela sobre o assunto. A área mais crítica segundo os estudos do CPRM, mostram que uma população residente em 1.500 residências, estão sendo afetadas com os problemas decorrentes das rachaduras.


Continua depois da Publicidade

Your email address will not be published. Required fields are marked *

WP2Social Auto Publish Powered By : XYZScripts.com