Type to search

Governador anuncia concursos para as Polícias Civil, Militar e agente penitenciário

Polícia

Governador anuncia concursos para as Polícias Civil, Militar e agente penitenciário

Share

Continua depois da Publicidade

O governador Renan Filho anunciou, nesta segunda-feira (5), durante entrevista coletiva no Salão de Despachos do Palácio República dos Palmares, a realização de concurso público destinado a agentes penitenciários e para as polícias Civil e Militar. “Com isso, vamos ampliar programas fundamentais da Segurança Pública, a exemplo do Força Tarefa, e colocar mais policiais nas ruas”, afirmou o governador.


Continua depois da Publicidade


Continua depois da Publicidade

Renan Filho anunciou que, até o início do próximo ano, o Governo do Estado vai lançar edital para realização de concurso público destinado ao preenchimento de 500 vagas destinadas à Polícia Militar, logo após a conclusão do certame em curso e o chamamento da reserva técnica de 2006, este em cumprimento à decisão judicial.

Segundo Renan Filho, ainda neste segundo semestre, o Governo do Estado pretende lançar edital para o concurso público da Polícia Civil, que terá cerca de 300 vagas a agentes e 40 para delegados.   

“Com isso, vamos dar condição de manter viva a capacidade investigativa do Estado e continuar com os bons patamares de elucidação de crimes, quem sabe elevá-los. Essa é uma demanda da categoria, uma demanda da sociedade e o Estado está fazendo esforço fiscal e financeiro para atendê-la”, afirmou Renan Filho.

Também neste segundo semestre, a meta do Governo do Estado é lançar edital para realização de concurso público destinado a agentes penitenciários. O número de vagas ainda está sendo discutido.


Continua depois da Publicidade

“Estamos na fase final de elaboração do concurso para agentes penitenciários. Depois de alguns anos, voltaremos a fazer concurso para essa área”, revelou.

De acordo com Renan Filho, a realização de concursos públicos e o consequente reforço nos efetivos das forças policiais alagoanas vão garantir o prosseguimento das políticas públicas de segurança que tanto têm contribuído para a redução dos índices de violência no estado.

O governador recordou que na sexta-feira passada, o Estado inaugurou no município de Pilar o 20º Centro Integrado de Segurança Pública (Cisp), o segundo do tipo 2 em Alagoas.  “Nos próximos dias, vamos lançar o CISP de Rio Largo, de Coruripe, de Novo Lino, de Joaquim Gomes e seguiremos levando o fortalecimento do policiamento para o interior”, disse, citando que estão em fase de conclusão os Centros Integrados de Marechal Deodoro, São Sebastião e Maribondo.

“Essa é uma política que avança bastante e, por isso, vamos fazer novos concursos para aumentar o efetivo. Quero, até o final do ano, está com tudo pronto para começar a construir os Cisps do tipo III na capital, que vão integrar a Polícia Militar, a Civil, o Corpo de Bombeiros e a Perícia Oficial”, acrescentou.

Ele anunciou, também, que o Programa Ronda no Bairro será ampliado na capital e levado ao interior do estado. “Vamos, ainda, transformar a Patrulha Maria da Penha na Ronda Maria da Penha, criando, assim, as condições para elevar o efetivo no combate à violência contra a mulher”.

Reportagem de Severino de Carvalho

Leave a Comment

Your email address will not be published. Required fields are marked *