Notícia

Desfalcado, Aberto da Austrália é ‘abertura’ da temporada do tênis

Após quatro meses do nascimento de Olympia, Serena ainda não está 100%

Após quatro meses do nascimento de Olympia, Serena ainda não está 100%
reprodução/Twitter
Primeiro Grand Slam do ano, série dos principais torneios do calendário do tênis, o Aberto da Austrália tem início neste domingo (14) sem a presença de algumas das principais figuras do circuito internacional.
 


Neste ano, a competição irá distribuir R$ 10 milhões em prêmios. Além disso, também valerá 2000 pontos no ranking da ATP (Associação dos Tenistas Profissionais).


As ausências, porém, serão sentidas. Na disputa feminina, a campeã do ano passado, Serena Williams está fora.


Sete vezes vencedora na Austrália, a norte-americana teve a pequena Olympia há quatro meses e ainda não está totalmente recuperada do parto.


“Posso competir. Mas eu não quero apenas 
competir. Quero fazer muito mais do que isso, . Então, vou precisar de um pouco mais de tempo”, explica a tenista, que deve voltar a jogar em março.


Aos 36 anos e com 23 títulos no currículo, Serena é a segunda maior vencedora da história do tênis. Fica atrás apenas da australiana Margaret Smith Court.


Entre os homens, a ausência mais sentida é 
a de Andy Murray. O britânico se recupera de uma lesão no quadril e desfalca o torneio de masculino de simples.


A última partida oficial de Murray foi em Wimbledon, em julho, nas quartas-de-final. Na ocasião, acabou foi eliminado por Sam Querrey. De lá pra cá foram apenas dois jogos exibição.


Ex-número um do mundo, o tenista foi duas vezes campeão de Wimbledon (2013 e 2016) e venceu o Aberto dos Estados Unidos uma vez (2012).


Favoritos



O Aberto da Austrália, porém, não terá só baixas. Os supercampeões Roger Federer, Rafael Nadal, Novak Djokovic e Venus Williams entram quadra a partir deste domingo.

Nadal e Federer foram os finalistas do torneio em 2017

Nadal e Federer foram os finalistas do torneio em 2017
Scott Barbour/Getty Images -14.1.2017
Federer já venceu cinco vezes em na quadra dura de Melbourne e é o atual campeão. O número dois do mundo estreia contra o esloveno, Aljaz Bedene, 51º do ranking.


Na mesma chave do suíço, está Novak 
Djkovic, que volta às quadras após seis meses parado. O sérvio estreia contra o norte-americano Donald Young.


Já o número um do mundo, Rafael Nadal, começa a disputa contra o dominicano Victor Estrella Burgos, 81º do planeta. O espanhol venceu na Austrália apenas uma vez, em 2009.


Venus Williams busca o primeiro título do Aberto da Austrália. Em 2017, foi vice, perdendo a final para a irmã por 2 sets a 0. A norte-americana estreia contra a suíça Belinda 
Bencic.


A romena Simona Halep, número 1 do mundo, e o búlgaro Grigor Dimitrov, terceiro no ranking da ATP, que nunca venceram um Grand Slam, também estão entre os favoritos para conquistar o título na Austrália.

 

fonte: R7 Esportes

We cannot display this gallery