Notícia

Festivais gastronômicos são apostas para diversificação do Turismo em Alagoas

Texto de Andressa Alves

O destaque do destino Alagoas no segmento de Turismo deve permanecer em 2018. Nessa quarta-feira (10), o secretário de Estado do Desenvolvimento Econômico e Turismo, Rafael Brito, recebeu membros e a diretoria da Associação Brasileira de Bares e Restaurantes de Alagoas (Abrasel-AL), para discutir o apoio aos novos projetos, com o objetivo de divulgar o potencial da culinária do Estado e fomentar a atividade turística.

Para selar ainda mais o apoio do Governo de Alagoas à gastronomia como atrativo turístico, a Sedetur e a Abrasel possuem um convênio que promove a realização de eventos gastronômicos, fortalecendo os números do fluxo turístico no período de baixa temporada. O termo de fomento será renovado para 2018.

“A gastronomia de um lugar torna a experiência do turista mais completa e enriquecedora. Alagoas já é um destino conhecido pelas iguarias culinárias que oferece aos visitantes. Nesse sentido, a aposta em festivais gastronômicos como vetor de desenvolvimento do turismo é uma alternativa estratégica, principalmente para diminuir a sazonalidade”, afirma o gestor Rafael Brito.

Entre os principais festivais realizados estão o Festival Sabores de Alagoas e o Festival Quilombola. Na ocasião, as entidades discutiram, ainda, a implantação do projeto Escola Gastronômica, que pretende atuar na capacitação da mão de obra para o segmento de bares, restaurantes e hotelaria.

De acordo com uma pesquisa realizada pela Secretaria Municipal de Turismo de Maceió (Semtur), a gastronomia é, atualmente, o segundo motivo pelo qual o Estado atrai turistas. Cerca de 80% dos visitantes avaliam nas redes sociais a gastronomia da capital alagoana como “excelente” ou “muito boa”, e 49% do público que chega à cidade se considera “gourmet”.

fonte: AMA – Associação dos Municípios Alagoanos