Notícia

Corinthians teme ficar ‘contra a parede’ e perder Balbuena

Balbuena pode não atuar pelo clube em 2018

Balbuena pode não atuar pelo clube em 2018
Newton Menezes / Estadão Conteúdo
A diretoria do Corinthians quer acertar o quanto antes a renovação do contrato 
de Balbuena para não correr o risco de perder o zagueiro de graça. O paraguaio tem vínculo até o fim do ano que vem e a partir de julho já pode assinar um pré-contrato e sair ao término do acordo sem precisar pagar nada ao clube paulista.


Balbuena já iniciou as conversas para renovar o seu 
contrato. Entretanto, clubes da Europa sondaram recentemente o jogador, que tem sido constantemente convocado para a seleção paraguaia.


O empresário do jogador, Renato Bittar, disse ter ofertas de dois times da Itália, mas a diretoria do Corinthians assegura que ainda não recebeu proposta oficial 
pelo defensor. "Não posso falar que vou ficar, porque daí chega uma proposta e vou embora. Aí eu ficaria como mentiroso. Também tem o contrário: posso falar que vou embora, não chega nada oficial e eu fico", disse Balbuena.

Veja também
Apesar da ameaça de ficar sem o zagueiro, a diretoria demonstra tranquilidade nos bastidores por dois motivos. O primeiro é que Balbuena tem demonstrado vontade de permanecer no Corinthians e o segundo é o fato de o clube 
ter até julho para acertar a renovação sem correr risco de perdê-lo.


O técnico Fábio Carille já manifestou preocupação com a possibilidade de perder mais jogadores. Até o momento, dois titulares na conquista do título do Campeonato Brasileiro deixaram o clube: o lateral-esquerdo Guilherme 
Arana e o zagueiro Pablo.




).push({});