Notícia

Agora parceira da Toro Rosso na Fórmula 1, Honda faz mudanças estruturais

Após o fim do acordo com a McLaren e às vésperas de iniciar oficialmente a parceria com a Toro Rosso, a Honda anunciou nesta quinta-feira mudanças na estrutura do seu projeto de Fórmula 1, em uma tentativa de melhorar a sua competitividade após anos de problemas.

A reformulação se dá em cargos e em nomes. A Honda decidiu acabar com o cargo de chefe do projeto de Fórmula 1, que concentrava diversas funções. Agora, então, a montadora japonesa vai separar as responsabilidades de pesquisa e desenvolvimento das de corridas e testes.

Toyoharu Tanabe foi o escolhido pela Honda para a função de diretor técnico, que ficará responsável pelas corridas e testes. Ele possui uma longa experiência na Fórmula 1, tendo sido o engenheiro-chefe do britânico Jenson Button no início da sua carreira.

Além disso, a Honda explicou que Yusuke Hasegawa, que ocupava o cargo agora extinto pela Honda, vai assumir o posto de engenheiro-chefe executivo dentro da fábrica. Já o nome do chefe de operações ainda não foi anunciado pela montadora japonesa, que espera ter êxito em 2018 com essas mudanças.

“Ao separar essas áreas de responsabilidade, evoluiremos nossa estrutura para que tanto o time de desenvolvimento quanto o time de corrida possam cumprir com suas respectivas responsabilidades mais rapidamente. Ao garantir que a equipe de desenvolvimento e a equipe de corrida cumpram seus respectivos papéis, a Honda continuará com seus desafios para que os fãs possam apreciar e ver a Toro Rosso competir no nível mais alto rapidamente”, justificou a Honda.

fonte: R7 Esportes

We cannot display this gallery