Notícia

Joaquim Gomes: Paciente pode ficar cego e outro surdo por falta de atenção da Prefeitura

(foto: ilustração / internet)

Dois pacientes residentes no Bairro das Cacimbas estão sem as devidas assistências da Secretaria Municipal de Saúde de Joaquim Gomes. O primeiro caso é de otite média crônica, um tratamento que é bastante caro, e segundo otorrinolaringologistas, médicos especialistas, uma vez não feito os devidos tratamentos, o paciente pode perder gradativamente a sua audição, o fato irá ser protocolado no Ministério Público através da defensoria pública no município.

O segundo caso, já está no Ministério Público, desde o mês de agosto de 2016, onde a Secretária Lucinez Almeida, na época, havia sido intimada pelo promotor, para prestar assistência médica a uma paciente que sofre com uma doença grave na visão. Ela precisa de uma cirugia que custa em média 3 mil reais, caso não feita, a mesma poderá perder gradualmente a visão.

Ambos os casos são reflexos da falta de assistência que alguns pacientes são submetidos, não só no município de Joaquim Gomes, mas em todo o Sistema Unico de Saúde, porém nestes casos específicos, a Secretaria tem conhecimento, mas até agora nada foi feito.

O vereador Ednaldo Antônio (PP), protocolou um requerimento que será lido na próxima Sessão da Câmara, onde consta estes dois casos específicos, ambos que ferem o direito à Saúde e a Vida, previstos na constituição federal de 1988.

Os dois pacientes vítimas dos casos citados tiveram a identidade preservada por esta reportagem, que também entrou em contato com o Secretario de Saúde, Estácio Chagas, porém, nossas ligações não foram retornadas.