Notícia

Em ação pelo Pelicans, Tony Allen terá camisa aposentada pelo Grizzlies na NBA

O Memphis Grizzlies anunciou nesta quinta-feira que vai aposentar a camisa 9 utilizada pelo ala Tony Allen durante as sete temporadas que por lá atuou. O curioso, porém, é que o jogador segue em ação na NBA. Há pouco menos de um mês, ele deixou justamente a franquia do Tennessee para assinar com o New Orleans Pelicans. Até por isso, a data da cerimônia de homenagem ao atleta ainda não foi definida.

Tony Allen viu seu contrato com o Grizzlies terminar ao fim da última temporada. Sem um acordo para a renovação, ele ficou livre e decidiu aceitar a proposta para atuar por um ano pelo Pelicans, pelo qual deverá receber US$ 2,3 milhões (cerca de R$ 7,3 milhões). Mas isso não impediu que a franquia de Memphis anunciasse a homenagem.

“Tony foi uma força condutora nos sete playoffs seguidos alcançados pelo Grizzlies e segue como membro amado da comunidade de Memphis. Ele jogou com um nível de paixão inigualável. Ajudou a estabelecer uma cultura baseada em força e esforço no Grizzlies. Em nome de toda a organização, gostaria de agradecê-lo por sua incrível contribuição e a forma única como inspirou a cidade de Memphis”, declarou o dono da franquia, Robert J. Pera.

Campeão pelo Boston Celtics em 2007/2008, Tony Allen chegou ao Grizzlies em 2010. Conhecido por sua força defensiva e esforço em quadra, foi fundamental para elevar o status da franquia na NBA e torná-la competitiva, ajudando a levá-la aos playoffs nas sete temporadas que por lá atuou.

Com o Grizzlies em reconstrução, porém, deixou de ter espaço na equipe. Sem contrato, aceitou a proposta do Pelicans, situação semelhante à vivida por Zach Randolph, que ajudou a construir a identidade do time de Memphis, é idolatrado na cidade, mas deixou a equipe para se juntar ao Sacramento Kings nesta temporada. Assim como Allen, Randolph também terá a camisa aposentada apesar de ainda estar em ação por um rival.

Curiosamente, Tony Allen foi ouvido pelo site do Pelicans sobre a aposentadoria da camisa em Memphis e se emocionou. “Nunca fiz nada para tentar sair no jornal, nas revistas. Eu estava apenas jogando duro, da forma certa, tentando vencer. Nunca fiz nada por notoriedade. Tudo que eu queria era ser reconhecido como um dos maiores defensores que já jogaram o esporte. Eu apenas agradeço a Memphis por me dar a oportunidade de jogar”, declarou.

fonte: R7 Esportes

We cannot display this gallery