Vettel lidera primeiro treino livre na Rússia e Hamilton é terceiro - 40graus

Vettel lidera primeiro treino livre na Rússia e Hamilton é terceiro

28/09/18 às 11:18

Redação

Estadão Conteúdo | @supernoticiafm
28/09/18 – 11h18

Em busca de uma reação no campeonato, Sebastian Vettel começou bem o fim de semana do GP da Rússia, a 16ª das 21 etapas da temporada 2018 da Fórmula 1. Nesta sexta-feira, o alemão da Ferrari liderou o primeiro treino livre realizado no Autódromo de Sochi, lhe dando mais esperanças para a sequência do fim de semana. 

Vettel é o vice-líder do Mundial de Pilotos, com 241 pontos, 40 a menos do que o britânico Lewis Hamilton, que ampliou a sua vantagem na ponta do campeonato ao vencer as duas últimas provas, os GPs da Itália e de Cingapura. E o GP da Rússia teve as suas quatro edições em Sochi vencidas pela Mercedes, sendo que Hamilton foi o único a triunfar em duas oportunidades, em 2014 e 2015. 

Mas apesar desse cenário adverso, Vettel iniciou na frente o fim de semana do GP da Rússia. Utilizando pneus hipermacios, o alemão da Ferrari cravou o tempo de 1min34s488, se colocando à frente dos concorrentes da Red Bull e da Mercedes. Quem mais se aproximou de Vettel foi o holandês Max Verstappen, que também utilizando os pneus hipermacios foi apenas 0s050 mais lento do que o alemão ao cravar 1min34s538. 

A Mercedes, porém, pareceu não exibir todo o seu potencial no primeiro treino livre na Rússia, não tendo utilizado os pneus hipermacios. Hamilton foi quem teve o melhor desempenho pela equipe, sendo 0s330 mais lento do que Vettel, garantindo a terceira posição com a marca de 1min34s818. 

Seu companheiro de equipe na Mercedes veio logo atrás. O finlandês Valtteri Bottas foi o quarto colocado ao cravar o tempo de 1min34s999, sendo o último piloto a registrar uma volta em menos de 1min35 no primeiro treino livre para o GP da Rússia. Além disso, Bottas, que venceu a corrida em Sochi no ano passado, foi quem mais deu voltas nesta atividade inicial – 28 -, empatado com o neozelandês Brendon Hartley, da Toro Rosso. 

Com rendimento bem abaixo ao de Verstappen, seu companheiro de equipe na Red Bull, o australiano Daniel Ricciardo fechou o primeiro treino livre na Rússia em quinto lugar. E o francês Esteban Ocon, da Force India, foi quem mais se destacou entre as equipes intermediárias do grid da Fórmula 1, garantindo a sexta posição. 

Ocon foi, inclusive, mais rápido do que o finlandês Kimi Raikkonen, apenas o sétimo colocado, com uma desvantagem de 1s208 para Vettel, o seu companheiro de equipe na Ferrari. O dinamarquês Kevin Magnussen, da Haas, veio logo atrás, na oitava posição, com o alemão Nico Hulkenberg, da Renault, em nono, e o italiano Antonio Giovinazzi, da Sauber, na décima colocação. 

A atividade também ficou marcada pela dificuldade de alguns pilotos com a falta de aderência da pista localizada no Parque Olímpico de Sochi, sendo que o canadense Lance Stroll, da Williams, que rodou e quase acertou o muro. 

O segundo treino livre para o GP da Rússia será realizado a partir da 9 horas (de Brasília) desta sexta-feira. O horário é o mesmo da sessão de classificação no sábado. Já a largada para a corrida em Sochi está agendada para as 8h10 de domingo.

fonte: O Tempo

Destaques do 40graus