Hamilton vence GP de Cingapura e abre 40 pontos de vantagem para Vettel - 40graus

Hamilton vence GP de Cingapura e abre 40 pontos de vantagem para Vettel

16/09/18 às 12:58

Redação

Agência Estado
16/09/18 – 12h58

De ponta a ponta, Lewis Hamilton venceu o GP de Cingapura de Fórmula 1, neste domingo, e ampliou a vantagem dele na liderança do Mundial de Pilotos. O representante da Mercedes agora tem 40 pontos de vantagem para Sebastian Vettl, da Ferrari, que terminou em terceiro lugar no circuito de Marina Bay, enquanto Max Verstappen, da Red Bull, ficou em segundo.

Pole position, Hamilton só foi ameaçado na 34.ª volta, quando Max Verstappen aproveitou cautela do britânico para encostar no líder da prova. O piloto da Mercedes diminuiu o ritmo naquele momento porque Romain Grosjean, da Renault, ignorou bandeiras azuis, sinalização destinada a retardatários, para disputar posição com Brendon Hartley, da Toro Rosso.

Em segundo lugar no grid, Verstappen foi superado por Vettel na primeira volta, mas recuperou a posição com o desenrolar da corrida e o trabalho de boxe das equipes – a Ferrari errou na estratégia do alemão. Enquanto esteve na segunda posição, o ferrarista não conseguiu atacar Hamilton, mesmo com uma relargada nas voltas iniciais.

A bandeira amarela e o safety car foram acionados porque Sergio Pérez, da Force India, causou o abandono do colega dele de equipe, Esteban Ocon, logo depois da primeira curva. Mais tarde, o mexicano foi punido com uma passagem pelos boxes porque também foi responsável pelo acidente dele com Brendon Hartley, da Williams, na 38.ª volta.

Valtteri Bottas, da Mercedes, terminou em quarto, Kimi Raikkonen, da Ferrari, ficou em quinto, e Daniel Ricciardo, da Red Bull, passou a linha de chegada em sexto. O três pilotos pouco foram notados durante a prova e mantiveram as posições de largada deles. Entre os competidores menos competitivos, destaque para o bicampeão Fernando Alonso, da McLaren, que largou em 11º e alcançou a sétima colocação.

Hamilton chegou a 69 vitórias na carreira e a 281 pontos na classificação da atual temporada da Fórmula 1. Única ameaça ao pentacampeonato do britânico, Vettel foi a 241 pontos e terá apenas seis corridas para tirar a diferença. A próxima etapa do calendário será o GP da Rússia, em Sochi, marcada para o dia 30.

fonte: O Tempo

Destaques do 40graus