Vitória sobre Hierro e ditado russo: a fé de Cherchesov diante da Espanha - 40graus

Vitória sobre Hierro e ditado russo: a fé de Cherchesov diante da Espanha


30/06/18 às 11:53

lance

“Qualquer um pode ser Deus se trabalhar duro”. O popular ditado russo foi o mantra escolhido pelo técnico Stanislav Cherchesov para explicar o espírito dos donos da casa no encontro diante da Espanha, neste domingo, às 11h (de Brasília), no Estádio Lujniki, pelas oitavas de final da Copa do Mundo. Além disso, um encontro no passado faz com que o comandante tenha fé em aplicar uma surpresa em um dos favoritos ao título.Goleiro na época em que atuava, Cherchesov (que atuou na Copa de 1994) fez carreira com a camisa do Spartak, o mais popular da Rússia. Durante suas quatro passagens pelo clube, onde encerrou sua carreira como jogador, o atual comandante russo era titular da equipe que fez grande campanha na Copa dos Campeões da Europa (atual Liga dos Campeões da Uefa) na temporada 1990/1991. Nas quartas de final, o encontro com o poderoso Real Madrid, de Hierro, foi histórico.Após empate sem gols na Rússia, o Spartak não tomou conhecimento dos Merengues e venceu por 3 a 1 na Espanha, com destaque para Radchenko, autor de dois gols que asseguraram os russos na semifinal (foram eliminados pelo Olympique de Marselha).- Assim como agora, os espanhóis eram favoritos. O Hierro era um jogador muito forte e agora trabalha bastante também nesta missão que caiu em seu colo. Na época ninguém acreditava que poderíamos vencer. Mas, assim como o nosso ditado popular, trabalhamos duro e vencemos – declarou.Mesmo diante do apoio de mais de 80 mil pessoas no Lujniki, Cherchesov sabe que terá que suportar a pressão e posse de bola da Espanha para aplicar sua estratégia na tentativa de ser bem sucedido.- Evidente que a Espanha terá maior posse de bola e, mesmo atuando em casa, a gente terá que ser paciente neste aspecto. Tenho a minha estratégia que será passada aos jogadores. Não temos pressão, mas, assim como a Espanha, possuímos a responsabilidade de tentar avançar na competição – afirmou.Com pés no chão, trabalho duro e inspiração no passado, Cherchesov espera mais uma vez, diante da Espanha e de Hierro, contrariar a lógica e proporcionar um momento histórico na Copa do Mundo.

      Let's block ads! (Why?)

fonte: R7 Esportes

O Leitor Comenta

WP Facebook Auto Publish Powered By : XYZScripts.com