Notícia

Município de Rio Largo firma parceria com hospital IB Gatto e fornece vacinas para recém-nascidos

WhatsApp Image 2017-05-18 at 14.20.42A Secretaria Municipal de Rio Largo começou a fornecer desde a última quinta-feira (18), para  os recém-nascidos do hospital Ib Gato Falcão, as vacinas contra hepatite B e BCG evitando o desleixo de seus pais ou o deslocamento aos  postos de saúde do município ou de Maceió.

O anúncio da parceria foi feito pelo secretário de Saúde Eduardo Gonçalves, que informou ainda sobre o levantamento que está sendo feito sobre os casos epidemiológicos ocorridos no hospital para que a secretaria tome as medidas cabíveis com relação à prevenção e a redução dessas doenças.

Veja outras notícias de Rio Largo:

Rio Largo capacita servidores públicos e implanta o programa de qualidade e excelência no atendimento

A Secretaria de Administração de Rio Largo reuniu na manhã de hoje servidores públicos que trabalham com atendimento em protocolo, ao servidor, ao contribuinte e do setor de Recursos humanos para uma capacitação sobre qualidade no atendimento ao público, com o objetivo de aprimorar as ações das secretarias municipais e implantar o programa de qualidade e excelência no atendimento.

“Culturalmente, o serviço oferecido por servidores públicos é considerado de ruim, seja ele oferecido no âmbito municipal, estadual ou federal e queremos mudar essa realidade em Rio Largo, trazendo não só qualidade, mas excelência no atendimento que prestamos aos cidadãos”, informou o secretário Kleber Pereira.

Ainda pela manhã foi apresentado o planejamento do setor de Recursos Humanos da prefeitura para o ano de 2017, todas as ações que serão colocadas em práticas, desde a capacitação dos servidores, a comemoração de datas festivas, concursos, planejamento estratégico, programas de qualidade em ambiente do servidor, entre outros.

O secretário informou que entre 1º e 15 de junho será realizada a primeira pesquisa de satisfação e com base nela outras serão feitas trimestralmente para acompanhar a evolução do atendimento, os pontos críticos e os gargalos possibilitando um trabalho pontual e direcionado para os problemas que existam. “Primeiro mostramos as ações que podem ser feitas para trazer qualidade no atendimento, mas para sabermos se é eficiente e terá a eficácia que precisamos mediremos através de uma pesquisa de satisfação do cliente, que se tornará um produto do município mensurando a satisfação da população atendida pelo serviço público do município de Rio Largo”, finalizou.  

Atos de conscientização marcam Dia de Combate à Exploração Sexual de Crianças e Adolescentes em Rio Largo

A Secretaria Municipal de Assistência Social de Rio Largo promoveu na manhã desta quinta-feira (18) panfletagem e sensibilização no centro da cidade chamando a atenção da sociedade sobre o Dia Nacional de Combate ao Abuso e à Exploração Sexual de Crianças e Adolescentes.

Segundo a secretária Amanda Assunção, não só Rio Largo mas todos os municípios precisam  conscientizar a população sobre a necessidade de denunciar casos de abusos contra crianças e adolescentes, que infelizmente ainda é uma realidade no Brasil. “A prefeitura deu total apoio e infraestrutura, especificamente com o Creas que é o setor que mais atua nesses casos de violação de direitos.  Não poderíamos ficar de fora desse dia D. Essa violência é silenciosa e precisa ser combatida. Segundo estudos, 90% dos casos acontecem dentro da própria família”, colocou.

O conselheiro tutelar Paulo Henrique Martins Vieira reforçou que esse ato significa um grito, um dia de reflexão. “É um dia histórico para todo o país e remete-se ao que aconteceu com Araceli, uma menina de 8 anos que foi sequestrada, violentada e cruelmente assassinada no Espirito Santo, então hoje é um dia simbólico, mas o combate deve ser feito todos os dias.  As demandas existem e as denúncias também por isso trabalhamos na prevenção e conscientização, com palestras nas escolas e nas comunidades. Toda sociedade precisa tomar essa luta pra si, porque estamos falando de vidas inocentes. Estamos panfletando e falando da importância do diálogo com os filhos e na criação deles, sem deixar esse papel apenas para as escolas e que esses direitos não sejam violados”, enfatizou.

Caps de Rio Largo participa do Movimento da Luta Antimanicomial

 

O município de Rio Largo se engajou no Movimento de Luta Antimanicomial, que visa garantir os direitos das pessoas com sofrimento mental. Na manhã desta quinta-feira (18) foi realizada uma caminhada na Avenida Presidente Fernando Afonso Collor de Mello com os pacientes do Caps, com o objetivo de propagar a necessidade da substituição progressiva dos hospitais psiquiátricos tradicionais por serviços abertos de tratamento, com atenção digna e diversificada, de modo a atender às diferentes formas e momentos em que o sofrimento mental surge e se manifesta.

O coordenador do Caps do município, Manoel Medeiros, aprovou a ação e falou da importância desse ato para mostrar à população do quanto faz bem essa inserção dos pacientes na sociedade. “Eles precisam ser acolhidos e tratados, mas não enclausurados, cerceando os direitos da saúde mental e sim dando liberdade a eles. A liberdade cura; o asilamento adoece”, pontuou.

O gerente Josenaldo Marques estava no movimento e reforçou o quanto essa inserção na sociedade faz bem para os usuários. “São pessoas de pensamentos bons que estão passando por um momento difícil na vida e uma ação como essa mostra que eles podem voltar ao convívio e ao trabalho”, disse.

Marli Henrique dos Santos mora na Mata do Rolo e é usuária do Caps há muitos anos. Ela considerou a ação de hoje muito importante porque demonstra a luta pela liberdade que eles têm direito. Sua avaliação quanto ao atendimento da unidade em Rio Largo é muito boa, pelo alimento que recebem nas três refeições e nos lanches diários e quanto aos medicamentos que, segundo ela, nunca faltam, sem contar às atividades lúdicas que fazem no dia a dia.

Pedro Otávio dos Santos também é usuário do Caps há dois anos e participou das atividades bem animado, segurando uma das faixas que mostravam o objetivo da caminhada para quem transitava na avenida.

 ASCOM RIO LARGO

 

fonte: AMA – Associação dos Municípios Alagoanos